Origem da vida

                   Olá queridos alunos! Segue a aula sobre a origem da vida.

Algumas hipóteses e teorias surgiram para explicar como surgiu a vida no planeta Terra. Desde a antiguidade o homens procuram responder essa questão intrigante. De acordo com os estudos científicos temos uma teoria aceita pela ciência que se chama. Biogênese. Mas antes dela ser aceita pela comunidade científica tivemos várias discussões até que ela se consolidasse.
Tivemos nessa época o embate entre Biogênese x Abiogênese. Vamos analisar as imagens e explicações a seguir para que possamos entender a aula. Bons estudos a todos.

Entenderam a imagem acima?  O menino olha para um monte lixo e observa vários ratos. Antigamente pensava-se que os seres vivos surgiam dessa forma. Do lixo, da lama, roupas sujas....
Será que o surgimento da vida ocorre dessa forma?

Vamos estudar a teoria da biogênese e abiogênese para responder a essa pergunta.

Francesco Redi

Cientista defensor da teoria da biogênese na qual explica que a vida NÃO SURGE DO NADA.
A teoria da biogênese explica que a vida surge através de outra vida por meio de reprodução.

Vamos analisar seu experimento.


Observe na imagem que Redi colocou  pedaços de carnes em dois frascos, na qual ficou aberto e exposto ao ar. E colocou pedaços de carnes em 2 frascos devidamente fechados. Agora vamos analisar os resultados abaixo.


Perceberam a experiência de Francesco Redi. No primeiro temos um pote lacrado com pedaço de carne dentro. Logo as moscas não conseguiram entrar no pote devido o lacre. No segundo pote temos um pote aberto com carne onde moscas entram e colocam seus ovos na carne. Vejam que a carne atrai moscas. Da carne NÃO NASCE MOSCAS como pensava os filósofos antigamente. Esse simples experimento mostra que a vida não surge por geração espontânea,ou seja, da lama, do lixo, da carne, da roupa suja e etc.....

Mas será que esse experimento foi o suficiente para derrubar a teoria da abiogênese, ou geração espontânea.

John Needham: Foi um grande defensor da teoria da abiogênese.
No experimento da imagem abaixo Needham aqueceu o caldo nutritivo num frasco de vidro. E após aquecer ele esperou o frasco esfriar e depois de algum tempo detectou a presença de microrganismos. Para ele o caldo tinha um princípio ativo responsável para a formação da vida microscópica. Dessa forma a Teoria da Abiogênese esta certa. Vale lembrar que Needham realizou seu experimento tanto em potes lacrados como em potes abertos e em ambos o resultado foi o mesmo. Presença de microrganismo após um tempo de resfriamento.

                                                            Lazzaro Spallanzani

Lazzaro foi um estudioso das ciencias naturais adepto a Teoria da Biogênese. Ele repetiu o experimento de Nedham com certos detalhes:
Ele ferveu caldo nutritivo dentro de frascos lacrados e abertos. Após a fervura ele deixou ambos os potes esfriar. Após esfriar nenhum dos potes abertos e fechados tinham a presença de micro - organismos.                                                  
                                                            Resumindo:

Needham aqueceu os potes fechados e abertos e após esfriar ambos tinham a presença de micro-organismos. Já Lazzaro ele ferveu os potes lacrados e fechados numa temperatura maior e num tempo maior de aquecimento, fazendo com que os micro - organismos de ambos potes fechados e lacrados morressem. Já no experimento de Needham o aquecimento dos potes abertos e fechado não foram o suficiente para matar os micro - organismos. Mas por incrível que pareça Lazzaro perdeu para Needham nessa batalha sobre Biogênese e Abiogênese.

Veja os argumentos de Lazzaro e Needham na imagem abaixo



      Foto acima de Louis  Pasteur o cientista francês que derrubou a teoria da abiogênese

                                           Analise o resumo na imagem abaixo

                                                             


Louis Pasteur realizou um experimento muito inteligente que determinou o fim da discussão entre a teoria da biogênese e abiogênese. Vamos analisar seu experimento:

Figura A: Pasteur colocou o caldo nutritivo num balão de uma boca.

Figura B: Ele aqueceu o pescoço do balão e curvou-o.

Figura C: Ocorre a fervura do caldo. Observe que o caldo nutritivo do balão esta exposto ao ar e com o gargalo curvado.

Figura D: Após a fervura o caldo é deixado para esfriar. Após o resfriamento não é encontrado nenhum micro-organismo no balão.

Figura E: Após a quebra do gargalo o caldo nutritivo é contaminado.

Observação: Na figura C após ferver o caldo ocorre a saída de vapor de água. O vapor de água e a curvatura do gargalo forma uma espécie de barreira, na qual os micro-organismos e poeiras ficam presos. Dessa forma os  micro-organismos e poeira não conseguem contaminar o caldo. E só após quebrar esse gargalo ocorre a contaminação.

Galerinha! Espero que tenham gostado e entendido a aula.
Até a próxima.
Profº Weslei

0 comentários:

Postar um comentário